30 de junho de 2016

Tomás Bozinoski "É um orgulho representar um clube como o Vitória"

É um orgulho representar um clube como o Vitória e ver o meu trabalho ser reconhecido!! @vitoriasc_oficial

Uma foto publicada por Tomás Bozinoski (@tomasbozi_) a

Manter Henrique Dourado no plantel é complicado

Foto: Manuel Araújo

Manter Henrique Dourado no plantel em 2016/17 é uma missão cada vez mais complicada. Apesar de o Vitória ainda não ter desistido, a realidade é que o Fluminense está próximo de lhe furar os planos ao garantir a contratação do dianteiro brasileiro. O emblema carioca já formalizou uma proposta ao Marissol para adquirir 50 por cento do passe de Dourado, e o negócio deve ficar fechado muito em breve.

In Record

Pedro Martins terá pedido a continuidade de Licá






Segundo avança o jornal Record, Pedro Martins terá pedido a continuidade de Licá para a próxima época. Existem dois cenários para o negócio ser feito. Poderá ser acordado um novo empréstimo do internacional português ou a rescisão do contrato entre o jogador e o FC Porto, para depois assinar em definitivo pelo Vitória.

Avançado Gustavo é reforço do Vitória


Segundo escreve A Voz da Cidade, blog brasileiro, o avançado Gustavo, que representa o Volta Redonda Futebol Clube vai transferir-se para o Vitória até ao final deste mês.

"Quem também vem fazendo um grande Estadual e está de saída é o atacante Gustavo, artilheiro do Carioca sub-20. O jovem despertou o interesse do Vitória de Guimarães, de Portugal, e irá se transferir no final deste mês. “O Volta Redonda é um clube formador de talentos e estamos investindo muito nas categorias de base. Decidimos que metade do nosso orçamento anual está sendo aportado na base. É um trabalho bastante silencioso, o resultado nem sempre é imediato, mas fatos como esses mostram que estamos no caminho certo de captação de talentos e montagem de times na base”, finalizou o diretor.", pode ler-se no blog brasileiro.

28 de junho de 2016

Vitória irá apresentar os equipamentos esta sexta-feira


O Vitória irá apresentar os equipamentos para a temporada 2016/2017 já esta sexta-feira, dia 1 de Julho a partir das 21 horas, num evento que terá lugar no Espaço Guimarães. O novo equipamento estará à venda a partir daquele momento e será apresentado pelos jogadores, que irão participar num desfile e e distribuir autógrafos.

 Fonte: Vitória SC

Miguel Silva "O que sai nos jornais, não me interessa"


Miguel Silva "O Vitória vai dizer-me o que é melhor para mim"


Miguel Silva "A minha cabeça continua só no Vitória"


Nilson "Sonho um dia representar o Vitória como treinador"


Pedro Martins avalia João Pedro e Boyd


Com vagas no meio-campo e no ataque, Pedro Martins, treinador do Vitória, deverá socorrer-se da equipa B nos primeiros dias da nova época. João Pedro e Boyd devem juntar-se a Areias, Vigário e Raphinha.

Fonte: Jornal de Notícias

27 de junho de 2016

Zungu "Quem sabe se não nos qualificamos para a Liga dos Campeões"


Com 23 anos, Bongani Zungu chega a Guimarães como um desconhecido, mas com a expectativa de brilhar no campeonato português. McCarthy e Lucas Radebe são ídolos que quer imitar.

Preparado para iniciar a pré-época no Vitória, o internacional sul-africano Bongani Zungu chega a Portugal com a ambição no máximo. Numa entrevista sem filtros à “Ibsoccer”, da África do Sul, o médio definiu objetivos para 2016/17, naquela que será a sua primeira experiência no estrangeiro. “É um desafio para mim, mas espero ajudar o Vitória a conseguir a qualificação para a Liga Europa. Quem sabe se não nos qualificamos para a Liga dos Campeões; é possível. Vou defrontar algumas das melhores equipas do mundo, como o Benfica e o FC Porto, mas estou pronto e ansioso pelo desafio”, afirmou recentemente Bongani Zungu.

Seguido há muitos meses, em janeiro o médio foi oficializado pelo Vitória depois de uma viagem de Flávio Meireles a Pretória, não tendo sido revelados pormenores da ligação. Agora, Bongani Zungu destapou a ponta do véu e deu a conhecer os projetos para o futuro. “Assinei um contrato de curta duração, mas esperando depois prosseguir a ligação. No entanto, os responsáveis do Vitória disseram-me que estavam a contratar-me para poderem vender-me no futuro”, disse, admitindo que tem o objetivo de “jogar a Liga dos Campeões” e que persegue “o sonho de ter uma carreira como a de Benny McCarthy e Lucas Radebe”, dois ídolos do futebol sul-africano, já retirados.

A partir do momento em que assinou pelo Vitória, o médio sul-africano passou a inteirar-se de tudo o que diga respeito ao clube, demonstrando conhecimento em relação às ambições da equipa de Pedro Martins. “O Vitória não fez um bom campeonato na época passada. Espero poder ajudar a equipa a voltar aos grandes momentos, tanto mais que os adeptos têm grandes expectativas”, destacou Zungu, sem receios da mudança competitiva. “Estou a preparar-me mentalmente para jogar no campeonato português e considero que estou pronto para este desafio. Aliás, eu sabia que ia sair do Mamelodi Sundowns.”

Com 23 anos, Zungu soma 19 internacionalizações pela África do Sul, tendo marcado dois golos pela seleção. Pedro Martins pensa utilizá-lo na posição 8.

In O Jogo

26 de junho de 2016

Mensagem de despedida de Nassim Zitouni

SAD vitoriana já procura alternativas para Dourado


Pedro Martins entre dois sistemas táticos


Ao longo de seis temporadas de serviço na I Liga, entre o Marítimo e o Rio Ave, Pedro Martins não tem fugido dos dois sistemas táticos mais utilizados atualmente no futebol português.

Adepto de equipas equilibradas e seguras do ponto de vista defensivo, Pedro Martins utiliza dois sistemas táticos que vai escolhendo em função das necessidades de cada jogo e tendo em conta o potencial dos adversários, das características dos elementos que tem à disposição e também de acordo com variantes como a forma dos jogadores ou até as condições do relvado. Imaginar o Vitória versão 2016/17 equivale, por isso, a projetar a equipa num 4x3x3 ou 4x2x3x1. São estes os esquemas que o treinador tem utilizado ao longo da carreira, com especial destaque para os desempenhos do Marítimo (quatro épocas) e do Rio Ave (duas temporadas).

Na época passada, por exemplo, a equipa vila-condense jogou mais vezes em 4x3x3, ao contrário da primeira temporada, na qual o 4x2x3x1 ganhou protagonismo. No Marítimo, o treinador também alternou entre os dois sistemas. A poucos dias do arranque da pré-época em Guimarães (1 de julho), Pedro Martins vai ter pela frente sete semanas de trabalhoparaperceberqualdos sistemas servirá melhor os interesses da equipa. Se o 4x3x3 propicia um estilo de jogo mais virado para o ataque, da mesma forma que exige um médio para a posição 6 com um futebol eficiente, sendo o primeiro a pensar o jogo, e ainda dois médioscomparticipaçãoofensiva, o 4x2x3x1 beneficia uma estratégia mais eficaz defensivamente, com maior controlo do jogo.

Rafael Miranda, por exemplo, já foi utilizado por Pedro Martins nas posições 6 e 8 em épocas diferentes no Marítimo, A polivalência de alguns reforços, como João Aurélio (pode jogar como defesadireito e também no meiocampo) e Rafael Miranda (pode ser 6 ou 8), dá mais soluções a Pedro Martins nos dois sistemas que gosta de utilizar.

In O Jogo

Francis sem futuro definido

Mensagem de despedida de Miguel Palha

24 de junho de 2016

Pedro Martins homenageado pelo Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol

Subscrição de capital social da SAD do Vitória superou expetativas


A subscrição do capital social da SAD, no valor de 233 mil euros, superou as previsões. Foram vários os sócios inscritos e a fasquia determinada acabou mesmo por ser ultrapassada, pelo que a sociedade desportiva presidida por Júlio Mendes (na foto) terá de ratear o valor apurado. Esta ação enquadrou-se no aumento do capital social para 4,5 milhões de euros.

In O Jogo

Vitória não está disposto a ultrapassar teto salarial por Rúben Ribeiro


Desejado por Marítimo, Nacional, Moreirense e Chaves, Rúben Ribeiro tem em mãos uma proposta para renovar pelo Boavista. Só tomará uma decisão dentro de uma semana.

As negociações entre Vitória e Rúben Ribeiro decorrem em lume brando. Muito apreciado pelo técnico Pedro Martins, o criativo português que perfumou o meiocampo do Boavista na segunda metade da época é a preferência dos minhotos para suceder ao brasileiro Otávio (de volta ao FC Porto) na posição 10, mas a primeira abordagem não surtiu o efeito desejado. Os salários propostos estão ainda aquém dos valores pretendidos, estando nesta altura a SAD vitoriana em pé de igualdade com Marítimo, Nacional, Moreirense e Chaves, clubes que também estão a tentar assegurar o jogador de 28 anos.

No Bessa, mantém-se de pé o convite para renovar contrato por mais duas épocas, em condições ligeiramente superiores às que Rúben Ribeiro teve nos últimos cinco meses, mas igualmente longínquas daquilo que o jogador considera ser justo. Na expectativa de auferir um salário considerável, ao nível dos que são praticados no Benfica, FC Porto e Sporting ou em clubes estrangeiros, o médio-ofensivo pediu tempo para responder ao Vitória e, ao que O JOGO apurou, só tomará uma decisão dentro de uma semana, já muito perto do arranque dos trabalhos da pré-época. Até lá é possível que a sociedade desportiva reformule a oferta inicial, embora sem ultrapassar o teto salarial definido para a equipa principal. A administração presidida por Júlio Mendes é intransigente no que toca ao rigor orçamental, pelo que Ribeiro não poderá ser contratado em circunstâncias excecionais.

De Espanha, o Vitória aguarda ansiosamente por boas notícias de Bernard, cuja incorporação no Atl. Madrid está totalmente fora de hipótese. Depois de uma época infeliz ao serviço do Getafe, por empréstimo, o médio ganês será novamente cedido e o Vitória já se candidatou a recebê-lo, sabendo de antemão que contará com a vontade do jogador e a influência do empresário Jorge Mendes na operação. Face à aposta falhada no Getafe, os colchoneros pretendem que Bernard seja utilizado com regularidade e, nesse sentido, os minhotos dão garantias.

In O Jogo

23 de junho de 2016

Cláudio mais um ano emprestado no FC Porto

Segundo informa o sitio oficial do clube azul e branco, FC Porto e o Vitória chegaram a acordo para a cedência de Cláudio por mais uma época desportiva.

Kickboxing juvenil tem novos campeões

Vitória nos jornais 23/6



3 medalhas de ouro no Campeonato Nacional de Natação Adaptada

Basquetebol organiza convívio de final de Época


A formação do Basquetebol do Vitória SC irá juntar, a 25 de Junho, pais, atletas, treinadores e seccionistas num convívio que se realizará em conjunto com a organização do S. João da ARCOV, de Covas.

 Ver mais aqui.

Armando Evangelista "Areias e Vigário garantem futuro"


O ex-treinador do Vitória não tem dúvidas de que Areias, ponta de lança com 22 anos, e Vigário, extremo com 20, têm “potencial” para singrar na equipa principal.

Pedro Martins, treinador do Vitória, confirmou a notícia de O JOGO sobre a integração de Vigário e de Areias no plantel principal, pelo menos na pré-época. Há duas temporadas, na equipa B, os dois foram orientados por Armando Evangelista, que os chamou, no ano passado, à equipa principal. “Não me surpreende que sejam integrados no plantel principal. Na época passada já tinham sido apostas por se verificar que tinham potencial”, começou por explicar o agora treinador do Varzim. “Tem que lhes ser dada oportunidade para que possam ter um crescimento sustentado e natural, ou seja, jogarem sem pressão e sem exigências”, acrescentou. Evangelista recordou que o projeto do Vitória “sempre passou por estes jovens jogadores” e acredita ,“muito ”, que podem ajudar a “garantir o futuro do clube”. “Espero que seja dado seguimento a um projeto que não vai descaracterizar-se e deixem janelas abertas para que se imponham na equipa principal”, desejou.

Conhecedor das características de ambos, Evangelista define Areias como “jogador de área, de movimentos curtos e fantástico no jogo aéreo” e compara-o a duas referências do passado: “Tem ‘feeling’ pelo golo, é um antigo 9 à portuguesa, como tivemos o Jardel ou o Gomes”. Já Vigário pode fazer “qualquer posição” na frente. “Na posição 9 é mais móvel, jogando pelas alas é mais rápido e incisivo do que o Areias e tem um pé esquerdo potente”. No entanto, completou Evangelista, “é ainda um pouco tímido, precisa de muita confiança e que o conheçam muito bem, porque não consegue exteriorizar todo o seu potencial”.

In O Jogo

22 de junho de 2016

Vitória nos jornais 22/6



Lugares anuais 2016/2017


Os vitorianos poderão renovar os respectivos lugares anuais a partir da próxima segunda-feira, dia 27 de Junho. O período de renovação estende-se até ao dia 16 de Julho. Já no dia 18 de Julho será possível efectuar a troca dos lugares já renovados. No dia seguinte, a 19 de Julho, terá início a venda dos lugares anuais.

A pensar nas famílias, os responsáveis vitorianos mantêm a campanha da temporada anterior. Ou seja, continua a ser possível adquirir o pack BANCADA GERAÇÕES, válido apenas para a Bancada Sul Superior e para um agregado familiar que contemple três associados.

Os detentores de lugares anuais usufruem de várias vantagens, nomeadamente o acesso gratuito a todos os jogos da Liga realizados no estádio D. Afonso Henriques, bem como aos encontros disputados pela equipa B.

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO: 

De Segunda a Sexta-feira Das 9h30 às 18h30
Sábado, 2 de Julho | Das 10 às 14 horas
Sábado, 9 de Julho | Das 10 às 14 horas
Sábado, 16 de Julho | Das 10 às 17 horas


Lima Pereira de saída reforça o Varzim

Apresentação no centro histórico


Pedro Martins de férias «para dormir»

21 de junho de 2016

IMAGENS | Inauguração do Ginásio Solinca Guimarães



 CLIQUE NA IMAGEM PARA VER MAIS. 

Bongani Zungu chega à cidade berço este sábado


Bongani Zungu chega a Guimarães este sábado para tratar de problemas pessoais como o alojamento e para conhecer a cidade berço. Segundo o Times Live, o internacional pela África do Sul que foi campeão da Premier Soccer League pelo Sundowns esteve lesionado durante seis meses mas recuperou e tem treinado no ginásio, como poderá ver numa publicação na rede social Instagram do jogador.

Um vídeo publicado por Bongani (@bonganizungu) a

Júlio Mendes "Hoje o Vitória tem todo o seu edifício de estádio rentabilizado”


“Guimarães está na 1ª Liga neste tipo de espaços. Quero deixar aos vitorianos uma palavra de satisfação e orgulho pela conclusão este projeto, que era um desejo antigo do Vitória. Decorridos 12 anos, hoje o Vitória tem todo o seu edifício de estádio rentabilizado”

Pedro Martins "Jogadores como Raphinha, Vigário e Areias vão fazer a pré-época"


Pedro Martins, à margem da inauguração do ginásio Solinca no Estádio D. Afonso Henriques

 "Tem a havido um critério na construção do plantel com o objetivo de construir uma equipa forte, procurando um tipo de jogadores que se identifique com a realidade do futebol português. O facto de haver Europeu e Jogos Olímpicos faz com que o mercado esteja um pouco fechado. Faltam quatro/cinco elementos para fechar o plantel, para o meio-campo e o ataque. Também com o foco na equipa B. Jogadores como Raphinha, Vigário e Areias vão fazer a pré-época e depois será feita uma avaliação"

"Gostaria de continuar com ele, mas sei que não é fácil. Se não for possível encontraremos soluções. Já temos O Soares, o Ricardo Valente e o próprio Areias, jogadores que nos dão garantias"

"Saídas? O mercado é como é, os clubes têm necessidade de vender ativos e estamos dependentes disso. Se houver saídas teremos soluções para as colmatar"

Dénis Duarte vai ter oportunidade na pré-época


Alexandre Silva vai falhar uma boa parte da pré-época


Convocado para representar Portugal no campeonato da Europa de sub-19, na Alemanha, Alexandre Silva vai falhar uma boa parte da pré-época do Vitória. O torneio irá decorrer entre 11 e 24 de julho, mas antes, entre 23 de junho e 7 de julho, haverá um estágio de preparação na Cidade do Futebol, estando a partida para a Alemanha marcada para o dia 8. Ou seja, Alexandre Silva poderá estar de volta a Guimarães só na reta final de julho.

In O Jogo

FC Porto na apresentação aos vitorianos


20 de junho de 2016

Alex "Acredito que as pessoas não se esqueceram de mim"


Alex "Jogar no D. Afonso Henriques é um inferno para quem nos visita"


Alex "Vamos lutar pelos cinco primeiros lugares"


Alex "O melhor ainda está para vir"

Duas lojas do Vitória vão ter obras de remodelação


A Vitória Store do Estádio D. Afonso Henriques irá encerrar a partir deste terça-feira, dia 20 Junho enquanto que a loja do Espaço Guimarães encerará dia 26, a partir das 23 horas, segundo informa o Vitória no seu sitio oficial. Durante as obras de remodelação destas lojas, os vitorianos poderão visitar a Vitória Store do Centro Histórico entre as 10 e as 13 horas e no período da tarde entre as 15 e as 19 horas. As lojas do Vitória voltam a abrir ao público no inicio do mês de Julho.

Tozé terá concorrência

Miguel Silva na lista dos Jogos


Vitória poderá estar presente num torneio nos Emirados Árabes Unidos


Real Madrid e Atlético de Madrid poderão ser adversários do Vitória no arranque da temporada, num torneio a realizar nos Emirados Árabes Unidos, precisamente na cidade de Abu Dhabi. De acordo com uma notícia publicada pelo jornal “La voz de Galicia”, o clube vimaranense, juntamente com o Deportivo da Corunha, são os emblemas desejados pelo empresário uruguaio Lucho Malvárez para a realização de um quadrangular.

A ideia inicial tem como objetivo realizar a competição durante o verão, mas face às dificuldades de enquadrar a prova com o calendário oficial das quatro equipas, ainda não há datas definidas.

Entretanto, no que diz respeito à equipa B, Michael Segun e Rómulo também estão de saída, juntando-se a Isaac, Serginho e Fábio Vieira no rol de atletas preteridos para a temporada 2016/2017.

O extremo Rui Gomes, da equipa de juniores do Vitória, deverá assinar contrato profissional e reencontrará Kiko, Mimito Bai, Xavier, Dénis Martins e Hélder Ferreira, atletas já vinculados à SAD.

In Jornal de Notícias


Henrique Dourado ainda dá esperança


O empresário brasileiro Meer Kaufmann esteve recentemente em Guimarães e ficou a conhecer a intenção de o Vitória contar com Henrique Dourado pela segunda temporada consecutiva.

Com o início da pré-época já à vista, o dossiê Henrique Dourado ganha um novo alento. O ponta de lança brasileiro, que esteve cedido pelo Mirassol na última temporada, ainda não assinou por nenhum emblema, o que faz aumentar as probabilidades de o Vitória conseguir um novo empréstimo.

Autor de 12 golos no campeonato, fixando-se no onze a partir da 11.ª jornada, a SAD vitoriana desde cedo manifestou vontade de contar com o goleador na época 2016/17, mesmo sem condições financeiras para suportar uma compra do passe, estimado em cerca de três milhões de euros. Recentemente, o empresário Meer Kaufmann esteve em Guimarães e ficou a par das intenções do Vitória, deixando a porta aberta para o segundo empréstimo. O próprio jogador, em declarações também recentes à sua assessoria de Imprensa, prometeu para breve uma tomada de posição. “Até ao momento, não tenho nada acertado. Os meus empresários estão à procura de possibilidades, para que eu possa decidir a questão brevemente”, declarou Henrique Dourado. Ora, sabendo-se que a SAD e Pedro Martins pretendem ter o plantel fechado o mais cedo possível, é lógico pensar que o assunto está em vias de ser resolvido.

Sinalizado o interesse do Vitória num segundo empréstimo, a possibilidade de outro clube apostar na compra do passe do ponta de lança pode estragar as pretensões da SAD; como até agora isso não aconteceu, os dirigentes vitorianos sentem-se mais otimistas quanto ao regresso de Henrique Dourado a Guimarães. Certo é que o clube pretende um ponta de lança para fazer concorrência a Soares, autor de 14 golos na época passada com a camisola do Nacional, dez deles no campeonato.

Os pontas de lança Areias e Bruno Mendes, que evoluíram na equipa B na temporada anterior, estão de prevenção, podendo ser requisitados por Pedro Martins para a pré-época no caso de não ser contratado a tempo um jogador para rivalizar com Soares.

In O Jogo

19 de junho de 2016

Vitória nos jornais 19/6



Renovação do contrato de patrocínio a ser discutido

A renovação do contrato de patrocínio na parte da frente das camisolas do Vitória está a ser discutida. A parceria comercial entre o clube e a instituição bancária dura há duas temporadas, sempre com contratos anuais mediante avaliação das duas entidades. O dossiê está a ser conduzido pelo presidente Júlio Mendes, tratando-se de uma importante fonte de receita para o Vitória.

In O Jogo