29 de dezembro de 2016

Esperança por Marega

Estágio da seleção do Mali com vista à participação na CAN começa a 1 de janeiro, mas o Vitória pediu para que o avançado se apresentasse mais tarde. Por enquanto continua a treinar na Cidade-Berço.

O Vitória ainda tem esperança de poder contar com Marega no próximo jogo do campeonato, a importante receção ao Benfica no dia 8 de janeiro. Os responsáveis do clube minhoto, no entanto, continuam a aguardar pela decisão da Federação Maliana de Futebol, à qual pediram para que o avançado se apresentasse um pouco mais tarde nos trabalhos das eleção orientada pelo francês A lain Gires se, demo doa poder defrontar o líder do campeonato. O estágio de preparação do Mali para a CAN arranca já no prime ir odiado novo ano, domingo, mas o Vitória pretende que o seu principal goleador se apresente apenas uma semana depois. Refira-se que a competição vai decorrer no Gabão, de 14 de janeiro a 5 de fevereiro. Por agora, Marega continua às ordens de Pedro Martins e, por isso, pode entrar nas contas do treinador para o jogo de amanhã, com o Vizela, na Taça da Liga.
Quinto classificado, em igualdade pontual como quarto, o Sporting, o Vitória vem de quatro vitórias consecutivas (três no campeonato e uma na Taça de Portugal) e também quer entrarem grandeem 2017. O regresso docampeonat ore serva-lhe um teste de exigência máxima e Marega seria uma mais-valia no objetivo de quebrar o líder Benfica.

O internacional maliano tem sido imprescindível para Pedro Martins. Logo que voltou do castigo de três jogos, resultante da agressão a Sequeira, do Nacional, o avançado recuperou a titularidade. E jogou de início nas quatro partidas que se seguiram, incluindo com o Vilafranquense, na Taça de Portugal. Na última jornada, em Arouca, voltou a provar o peso desequilibrante que tem na equipa, ao fazer a grande jogada sobre o lado esquerdo que permitiu a Hernâni marcar o golo da vitória. Na finalização, porém, o azar não largou Marega, que neste jogo acertou duas vezes nos ferros. São já cinco na globalidade do campeonato. A verdade é que o avançado, melhor marcador da I Liga, a par do portista André Silva, com dez golos, já não marca desde o hat-trick ao Rio Ave, a 30 de outubro. Soma cinco jogos em branco.

In O Jogo