27 de julho de 2016

Interesse em Josué cria dúvidas na defesa


Pedro Martins conta com cinco defesas-centrais neste momento, mas o sector continua em aberto. Tal como há um ano, voltam a surgir algumas sondagens por Josué e pode criar-se uma vaga.

O Vitória poderá ter que ir ao mercado para contratar um defesa-central. O clube já tem alguns nomes referenciados, com destaque para Prince, que é bem conhecido de Pedro Martins. O francês, de 22 anos, tem características que agradam ao treinador que o orientou no Rio Ave (2014/15) e é um jogador livre neste momento, depois de, na época passada, ter jogado no Bolton (Inglaterra) e no Gaziantepspor(Turquia)por empréstimo dos italianos da Atalanta. O Vitória estuda a hipótese de contratar Prince face à possibilidade de perder Josué, defesa-central que volta a ter alguns interessados por essa Europa fora, depois de, há precisamente um ano, ter estado muito perto de assinar pelos franceses do Bordéus, negócio que acabou por não se concretizar. O jogador, de 24 anos, lançado por Rui Vitória no Vitória, já é uma das principais referências da equipa e ainda no sábado foi o capitão de serviço frente ao Boavista, no Torneio Capital do Móvel. Josué está muito bem cotado em vários países e o Vitória já recebeu algumas sondagens de clubes de Espanha e Grécia. Os minhotos espreitam, desta forma, a possibilidade de fazerem mais um bom encaixe financeiro, depois das vendas de Dalbert e Cafú. Em maio, recorde-se, Josué, que só tinha contrato por mais uma temporada, acertou a renovação até 2019, subindo a cláusula de rescisão de três para oito milhões de euros. O plantel de Pedro Martins está ainda muito longe da definição e o centro da defesa, perante este cenário, também é um dos sectores com ponto de interrogação. Nesta altura, o técnico conta com as quatro opções que transitaram da temporada passada (Josué, Pedro Henrique, João Afonso e Moreno) e ainda com o jovem Marcos Valente, ex-Aves por empréstimo do Benfica.

In O Jogo